Tags:, , , ,
Search:, , , ,

Entre 18 e 22 de Setembro de 2017 ocorreu o XXVIII Seminário de Iniciação Científica na UFPA, o qual contou com a apresentação de dez membros do BEST Amazônia. 







Arícia Alves apresentou o trabalho "ICMS Verdes - Dificuldades enfrentadas pelos municípios da mesorregião nordeste do Pará".


Lorran Lima  apresentou o trabalho "Estado da artes do ICMS Ecológico na pós-graduação stricto sensu no Brasil".  


Renata Frazão apresentou o trabalho "ICMS Socioambiental de Pernambuco - Critério Saúde".



 Luiz Cunha apresentou o trabalho "O efeito redistributivo do ICMS Verde na realidade paraense"


  Luiz Fadel apresentou o trabalho "ICMS Verde paraense e municípios prioritários: análise sobre a adequação da política à finalidade de combate ao desmatamento".


 Ana Cecília Diniz apresentou o trabalho "políticas públicas ambientais e repasse do ICMS Verde no Pará - o caso de Ourilândia do Norte". 



 












 Fernanda Moura apresentou o trabalho "critério de gestão ambiental no repasse do ICMS Verde aos municípios paraenses".


Patrícia Aquino apresentou o trabalho "Estudo do ICMS Ecológico a partir do critério de resíduos sólidos no desenvolvimento do estado de Pernambuco".













Arnaldo Marques apresentou o trabalho "gestão ambiental orçamentária". 












Everson Rocha apresentou o trabalho "o estudo acerca dos cinco municípios que menos receberam ICMS Verde no estado do Pará entre 2014 e 2016. 













Os resumos dos trabalhos se encontram disponíveis no .

A Equipe BEST Amazônia parabeniza seus membros pelos excelentes trabalhos apresentados!









 A Cartilha elaborada por Rodolpho Zahluth Bastos, Lise Tupiassu e Jean-Raphaël Gros-Désormeaux, em conjunto com a equipe BEST Amazônia, intitulada Regime de repartição de benefícios da biodiversidade: Lei nº 13.123/2015 (Brasil), agora encontra-se disponível na biblioteca virtual da CDB.
Para encontrá-la, é só acessar o site da CDB Clearing-House (), e clicar primeiramente em Reference Records (cor laranja) e no espaço de busca colocar Bastos ou Tupiassu, aparecendo a cartilha disponível para consulta e download e também o link para busca direta no site do BEST Amazônia.








A Coordenação da Clínica de Direitos Humanos da Amazônia (CIDHA) da Universidade Federal do
Pará torna pública a realização de Seleção de Bolsistas, mediante as normas contidas no presente
Edital.














MARITUBA



ITAITUBA


BONITO
ANANINDEUA


NUMA- UFPA










Na semana de 07 a 13 de maio, foi realizada em Belém a Semana de Cooperação Científica Internacional Amazônia-Caribe, trazendo pesquisadores  do Brasil, da França e do Caribe para dialogar em busca de novos projetos de incentivo à região amazônica, discutindo em workshops e oficinas os seguintes temas: Território e Biodiversidade; Projetos GEF; Proteção Ambiental na Amazônia; Estudos Multidisciplinares Sobre a Biodiversidade Amazônica. O evento foi sediado no auditório da OAB e no Auditório Raimundo Ney Sardinha, no CESUPA. A organização ficou a cargo da UFPA, do NUMA, do CESUPA, do ICJ, do LC2S e do Grupo de Pesquisa BEST AMAZÔNIA, em esforço conjunto para fomentar ampla discussão acadêmica internacional.








Nos dias 10 e 11 de maio, a Área de Proteção Ambiental (APA) de Algodoal-Maiandeua recebeu uma comitiva de 25 pesquisadores, ligados a Organização das Nações Unidas (ONU), Instituições do Caribe e da Amazônia, em visita ao Brasil, para a “Semana de Cooperação Científica Internacional Amazônia-Caribe”, realizada em Belém.
No primeiro dia, a comitiva, que foi recepcionada pela Gerência da Região Administrativa do Nordeste Paraense (GRNE/Ideflor-bio), assistiu a uma palestra sobre a Unidade de Conservação, seus instrumentos, e os principais problemas e desafios à gestão. A apresentação foi realizada na Escola Municipal de Ensino Fundamental Professora Maria de Lourdes Ferreira, parceira da Gerência.
A Palestra e o debate foram simultaneamente traduzidos para a língua inglesa e francesa, haja vista as origens dos ouvintes. Após a apresentação, houve o debate e esclarecimento de dúvidas dos presentes. No segundo dia de visita, houve um passeio de barco pela região, com observação da natureza.
“Os aspectos positivos para a gestão foram a inclusão da APA em uma rede de pesquisadores que monitoram acidentes com animais aquáticos venenosos e o avanço no entendimento para uma pesquisa sobre a pesca tradicional de currais em nossa APA. Além disso, foi uma oportunidade para mostrarmos nosso trabalho de Gestão frente ao cenário sócio econômico vivido atualmente no país.”, contou Luiz Coltro, Gerente da GRNE.
✎Texto: Denise Silva / Ascom Ideflor-bio
Fonte: http://ideflorbio.pa.gov.br/2017/05/16/apa-de-algodoal-maiandeua-recebe-visita-de-pesquisadores-do-caribe/








Semana de Cooperação Científica Internacional Amazônia-Caribe

I Workshop preparatório COFECUB-CAPES: Território e biodiversidade
I Workshop internacional Amazônia-Caribe de Projetos GEF
II Oficina Temática sobre a Proteção Ambiental na Amazônia
II Seminário internacional de cooperação científica: estudos pluridisciplinares sobre a biodiversidade Amazônica

International Amazon-Caribbean Scientific Meeting

I Workshop COFECUB-CAPES: Territories and biodiversity
I Amazon & Caribbean international Workshop of GEF Projects
II Workshop on Environmental Protection in the Amazon
II International Seminar on Scientific Cooperation:  Multidisciplinary Studies on Amazonian Biodiversity

Semaine de Coopération Scientifique Internationale Amazonie-Caraïbes

I Workshop preparatoire COFECUB/CAPES : Territoires de la biodiversité: regards croisés Amazonie-Caraïbes
II Workshop thématique sur les aspects territoriaux de la protection environnementale en Amazonie
I Workshop international Amazonie- Caraïbes de projets GEF
II Colloque international de coopération scientifique Amazonie-Caraïbes: biodiversité et developpement durable



20h de atividades complementares
Com tradução simultânea



PROGRAMAÇÃO ABERTA AO PÚBLICO:

Dia 09/05/2017, terça-feira
Local: Auditório Raimundo Ney Sardinha (Cesupa – Alcindo Cacela)

II Oficina Temática sobre a Proteção Ambiental na Amazônia.

08h00 às 12h00 – Tema 1 - Regularização Ambiental dos Imóveis Rurais na Amazônia
Ministrante: Profa. Dra. Luciana Fonseca (PPGD-UFPA/CESUPA)

14h00 às 18h00 – Tema 2 - Regularização fundiária na Amazônia
Ministrante: Profa. Dra. Luly Fischer (PPGD-UFPA)

***

Dia 10/05/2017, quarta-feira
Local: Auditório da OAB

II Seminário internacional de cooperação científica: estudos pluridisciplinares sobre a biodiversidade Amazônica.

08h30 – Sessão de Abertura

09h00 – Painel 1 – Desenvolvimento, cooperação internacional e meio ambiente
Dra.  Isabelle Vanderbeck (UNEP/GEF IW Portfolio Manager)
Dr. Christopher Corbin (UNEP/Caribbean Regional Co-ordinating Unit)
Dr. Justin Daniel (LC2S/CNRS)
Debate: Dr. Sérgio Morais (UFPA/NUMA)

10h30 – Sessão de pôsteres no Hall

11h00 – Painel 2 – Repartição dos Benefícios da Biodiversidade
Dr. Rodolpho Bastos (UFPA/NUMA)
Dra. Eliane Moreira (UFPA/PPGD)
Debate: Dr. José Heder Benatti (UFPA/PPGD)

Intervalo de almoço

15h00 – Painel 3 – Poderes públicos e desenvolvimento sustentável
Dra. Isabelle Vestris (Univ. Antilles/LC2S)
Dra. Karine Galy (Univ. Antilles/LC2S) 
Dr. Jean-Charles Rotouillié (Univ. Paris 1/SERDEAUT-GRIDAUH) 
Dra. Fanny Tarlet (Univ. Paris 1/SERDEAUT-GRIDAUH) 
Debate: Dra. Lise Tupiassu (UFPA/CESUPA/PPGD)

17h00 – Sessão de pôsteres no Hall

17h30 – Painel  4 - Temáticas urbano-ambientais
Dr. Frédéric Rolin (Univ. Paris 1/ Directeur Scientifique du GRIDAUH)
Dr. Norbert Foulquier (Univ. Paris 1/SERDEAUT-GRIDAUH)
Dra. Rosangela Luft (UFRJ/IPPUR) 
Debate: Dra. Luly Fischer (UFPA/PPGD)


*Programação sujeita a alterações






Hoje, dia 16/02/2017. De 14 às 18hrs.
Local: Sala Ip-2, ao lado do Centro Acadêmico de Administração.
Carga Horária: 5 Horas Complementares.
Inscrições: CADEL.






No dia 25.11.2016 o Best Amazônia participou do II Seminário de Tributação e Direitos Humanos na sede da OAB/PA com o tema “ICMS Ecológico” apresentado pela Profª. Dra. Lise Vieira da Costa Tupiassu Merlin ( PGD/ICJ/UFPA). E sub-tema “O Papel dos Municípios na implementação de Políticas Públicas promovedoras de Direitos Humanos: o caso do ICMS Ecológico” apresentado pela Mestranda Luiza Gaspar Feio  (PPGD/ICJ/UFPA).











Ocorreu nos dias 21 a 25 de Novembro o VII Congresso Brasileiro de Gestão Ambiental. Este ano o CONGEA aconteceu na Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) e contou com uma programação diversificada que incluiu palestras, mesas redondas, mini cursos e visitas técnicas. O Evento contou, ainda, com a participação de pesquisadores das mais diversas áreas, além de gestores e estudantes de várias instituições do País. Nesta sétima edição, o evento selecionou 433 trabalhos para serem apresentados e, entre estes, o dos alunos Lorran Will Lima e Patrick Pinheiro (O ICMS Ecológico como Instrumento de Gestão Ambiental: O caso do Estado do Pará), Mayara Rolim e Rozinaldo Lobato Júnior (O Cadastro Ambiental Rural: Um instrumento de Gestão Ambiental Utilizado como Critério do ICMS Verde no Estado do Pará), todos estudantes da Universidade Federal do Pará e participantes do BEST Amazônia, coordenado pela professora Lise Tupiassu. O responsável pelas apresentações foi nosso Best Lorran Lima, que merece nossos parabéns pelas apresentações.
Parabéns aos integrantes do BEST!






No  dia 30 de novembro, membros do BEST Amazônia participaram do seminário de encerramento do Grupo de Estudo e Trabalho de Federalismo e Ambiental do CESUPA, fortalecendo a parceria com esta instituição de ensino.


  
 






O Minicurso Cidades Sustentáveis teve início no dia 21 de novembro, com palestra da Prof. Dra. Lise Tupiassu, na Escola da AGU, sobre ICMS Verde, com a presença de procuradores federais e a equipe de extensão do BEST Amazônia.
   

Já no segundo dia contamos com as palestras do Prof. Dr. Rodolpho Bastos e do Prof. Msc. Luiz Coltro compartilhando os instrumentos para gestão ambiental consciente.


    

No terceiro dia do Minicurso Cidades Sustentáveis tivemos a palestra da Profª. Drª. Luly Fischer expondo brilhantemente sobre Regularização Fundiária Urbana, tema de fundamental importância na realidade paraense. 


Quarto dia do Minicurso Cidades Sustentáveis contou com a participação especial do digníssimo Prof. Msc. Paraguassu Eleres sobre a situação dos terrenos de marinha na realidade paraense. Em seguida, o Prof. Dr. Rodolpho Bastos contribuiu, mais uma vez, com excelência, expondo sobre Licenciamento Ambiental.

  

E para finalizar com excelência o Minicurso Cidades Sustentáveis, realizado na sede da Escola de Advocacia da União, ocorreu a palestra da Profa. Drª. Luciana Fonseca acerca do Cadastro Ambiental Rural

  


Agradecemos a todos os palestrantes que abrilhantaram o evento durante essa semana de aprendizado para todos. A troca de informações entre os palestrantes e o público foi uma rica experiência que esperamos repetir em breve. A equipe BEST Amazônia gostaria de agradecer, ainda, a atenção do público presente no evento e a todos os nossos apoiadores. O sucesso do evento não seria possível sem vocês! Esperamos revê-los em breve!



Os slides utilizados no evento estão disponíveis






O grupo BEST Amazônia convida para mais um ciclo de palestras: "Os Sistemas de Controle e o combate à Dinâmica do Desmatamento na Amazônia".








A Equipe BEST Amazônia apresentou, no período de 09 a 11 de novembro, artigos sobre Tributação Ambiental na XVII Semana Jurídica do CESUPA. Parabéns aos integrantes da equipe pelos diversos artigos aprovados, contribuindo para a discussão do tema Democracia e Poder Judiciário.










O minicurso “Cidades Sustentáveis – ICMS Verde e Gestão Ambiental” será realizado no período de 21 a 25 de novembro de 2016, conforme a seguinte programação:


Segunda (21/11): Prof. Dr. Rodolpho Bastos – Licenciamento Ambiental

Terça (22/11): Prof. Dr. Rodolpho Bastos e Msc. Luiz Coltro – Unidades de conservação: institucionalização e gestão

Quarta (23/11): Profa. Drª Lise Tupiassu – ICMS Verde

Quinta (24/11): Profa. Drª. Luly Fischer – Regularização fundiária urbana

Sexta (25/11): Profa. Drª. Luciana Fonseca – Cadastro Ambiental Rural



INSCRIÇÕES: 

O Grupo de Pesquisas Biodiversidade, Sociedade e Território na Amazônia - BEST Amazônia, homologado pela Universidade Federal do Para e cadastrado no Cnpq, é destinado à pesquisa multidisciplinar em ciências sociais aplicadas relativas ao tema do uso e gestão dos recursos naturais do contexto econômico e social amazônico. Dirigido pela Profa. Dra. Lise Tupiassu (Programa de Pós-Graduação em Direito) e pelo Prof. Dr. Rodolpho Bastos (Programa de Pós-Graduação em Gestão de Recursos Naturais e Desenvolvimento), insere-se na Rede Jambu-RNP (Junction Amazonian Biodiversity Units - Research Networking Program) e tem o objetivo de disseminar o conhecimento através de discussões e do estimulo à utilização de ferramentas não comuns na linguagem jurídica, permitindo interação não somente com a comunidade acadêmica, mas também com o corpo social.

Através de eventos temáticos, contando com a participação de especialistas nas diversas áreas do conhecimento, de profissionais e de gestores ambientais, o grupo pretende criar um contexto inteligível na seara dos direitos Ambiental, Financeiro e Tributário, preparando o público para a solução de problemas da realidade que o circunda por meio de uma ótica multidisciplinar considerando uma crescente interligação de saberes.

O minicurso de extensão ora proposto, inserido programação do I CONGRESSO INTERINSTITUCIONAL DE ENSINO E EXTENSÃO, pretende abordar alguns instrumentos de políticas públicas capazes de auxiliar no desenvolvimento de cidades e territórios sustentáveis, apresentando a política do ICMS Verde e os instrumentos de gestão ambiental que lhe são correlatos.

Apresentar-se-á o ICMS Verde como política de repartição da receita do ICMS aos municípios paraenses com base em requisitos ambientais, explicitando-se os elementos por ela utilizados.

Serão estudados, ainda, elementos relativos aos sistemas de gestão ambiental municipais, licenciamento ambiental, criação e gestão de unidades de conservação, regularização fundiária e Cadastro Ambiental Rural, buscando-se fornecer conhecimentos para que os lidam com a gestão ambiental municipal possam fomentar o recebimento de recursos de pelas municipalidades, implementando, ao mesmo tempo, a proteção do meio ambiente e o desenvolvimento local.

Apresentar-se-á, ainda, a Cartilha “O ICMS verde e a cidade que ganha para conservar a natureza”, informando-se a comunidade acerca da possibilidade e dos benefícios de se fomentar o desenvolvimento e a receita locais com base em critérios de sustentabilidade.
Através de eventos temáticos, contando com a participação de especialistas nas diversas áreas do conhecimento, de profissionais e de gestores ambientais, o grupo pretende criar um contexto inteligível na seara dos direitos Ambiental, Financeiro e Tributário, preparando o público para a solução de problemas da realidade que o circunda por meio de uma ótica multidisciplinar considerando uma crescente interligação de saberes.

O minicurso de extensão ora proposto, inserido programação do I CONGRESSO INTERINSTITUCIONAL DE ENSINO E EXTENSÃO, pretende abordar alguns instrumentos de políticas públicas capazes de auxiliar no desenvolvimento de cidades e territórios sustentáveis, apresentando a política do ICMS Verde e os instrumentos de gestão ambiental que lhe são correlatos.

Apresentar-se-á o ICMS Verde como política de repartição da receita do ICMS aos municípios paraenses com base em requisitos ambientais, explicitando-se os elementos por ela utilizados.
Serão estudados, ainda, elementos relativos aos sistemas de gestão ambiental municipais, licenciamento ambiental, criação e gestão de unidades de conservação, regularização fundiária e Cadastro Ambiental Rural, buscando-se fornecer conhecimentos para que os lidam com a gestão ambiental municipal possam fomentar o recebimento de recursos de pelas municipalidades, implementando, ao mesmo tempo, a proteção do meio ambiente e o desenvolvimento local.

Apresentar-se-á, ainda, a Cartilha “O ICMS verde e a cidade que ganha para conservar a natureza”, informando-se a comunidade acerca da possibilidade e dos benefícios de se fomentar o desenvolvimento e a receita locais com base em critérios de sustentabilidade.

ATUALIZAÇÃO:






codigo dessa postagem para Site & blogs em codigo html5




As 10 ultimas Paginas adicionadas
As 10 ultimas Paginas adicionadas


0





ul { list-style-type: none; margin: 0; padding: 0; overflow: hidden; background-color: #333; } li { float: left; } li a { display: block; color: white; text-align: center; padding: 14px 16px; text-decoration: none; } li a:hover:not(.active) { background-color: #111; } .active { background-color: #4CAF50; } DMCA report abuse Home Todas Pastas Auto Post sitemap Blog "Sem Imagens" oLink xxx var ad_idzone = "1877044", ad_width = "728", ad_height = "90"; XXVIII Seminário de Iniciação Científica Tags:#apresentou, #trabalho, #icms, #verde, Search:apresentou, trabalho, icms, verde, Entre 18 e 22 de Setembro de 2017 ocorreu o XXVIII Seminário de Iniciação Científica na UFPA, o qual contou com a apresentação de dez membros do BEST Amazônia. Arícia Alves apresentou o trabalho "ICMS Verdes - Dificuldades enfrentadas pelos municípios da mesorregião nordeste do Pará".Lorran Lima  apresentou o trabalho "Estado da artes do ICMS Ecológico na pós-graduação stricto sensu no Brasil".  Renata Frazão apresentou o trabalho "ICMS Socioambiental de Pernambuco - Critério Saúde". Luiz Cunha apresentou o trabalho "O efeito redistributivo do ICMS Verde na realidade paraense"  Luiz Fadel apresentou o trabalho "ICMS Verde paraense e municípios prioritários: análise sobre a adequação da política à finalidade de combate ao desmatamento". Ana Cecília Diniz apresentou o trabalho "políticas públicas ambientais e repasse do ICMS Verde no Pará - o caso de Ourilândia do Norte".   Fernanda Moura apresentou o trabalho "critério de gestão ambiental no repasse do ICMS Verde aos municípios paraenses".Patrícia Aquino apresentou o trabalho "Estudo do ICMS Ecológico a partir do critério de resíduos sólidos no desenvolvimento do estado de Pernambuco".Arnaldo Marques apresentou o trabalho "gestão ambiental orçamentária". Everson Rocha apresentou o trabalho "o estudo acerca dos cinco municípios que menos receberam ICMS Verde no estado do Pará entre 2014 e 2016. Os resumos dos trabalhos se encontram disponíveis no site do SEMINIC.A Equipe BEST Amazônia parabeniza seus membros pelos excelentes trabalhos apresentados!Participação do BEST Amazônia no site da CDB Clearing-House  A Cartilha elaborada por Rodolpho Zahluth Bastos, Lise Tupiassu e Jean-Raphaël Gros-Désormeaux, em conjunto com a equipe BEST Amazônia, intitulada Regime de repartição de benefícios da biodiversidade: Lei nº 13.123/2015 (Brasil), agora encontra-se disponível na biblioteca virtual da CDB.Para encontrá-la, é só acessar o site da CDB Clearing-House (https://absch.cbd.int/search), e clicar primeiramente em Reference Records (cor laranja) e no espaço de busca colocar Bastos ou Tupiassu, aparecendo a cartilha disponível para consulta e download e também o link para busca direta no site do BEST Amazônia.Seleção de Bolsista Clínica de Direitos Humanos da Amazônia. A Coordenação da Clínica de Direitos Humanos da Amazônia (CIDHA) da Universidade Federal doPará torna pública a realização de Seleção de Bolsistas, mediante as normas contidas no presenteEdital.CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O EDITALEvento: Violação de Direitos Sociais e Fundiários na Amazônia EVENTOS DA SEMANA DE MEIO AMBIENTE MARITUBAITAITUBABONITOANANINDEUANUMA- UFPASemana de Cooperação Científica Internacional Amazônia-Caribe Na semana de 07 a 13 de maio, foi realizada em Belém a Semana de Cooperação Científica Internacional Amazônia-Caribe, trazendo pesquisadores  do Brasil, da França e do Caribe para dialogar em busca de novos projetos de incentivo à região amazônica, discutindo em workshops e oficinas os seguintes temas: Território e Biodiversidade; Projetos GEF; Proteção Ambiental na Amazônia; Estudos Multidisciplinares Sobre a Biodiversidade Amazônica. O evento foi sediado no auditório da OAB e no Auditório Raimundo Ney Sardinha, no CESUPA. A organização ficou a cargo da UFPA, do NUMA, do CESUPA, do ICJ, do LC2S e do Grupo de Pesquisa BEST AMAZÔNIA, em esforço conjunto para fomentar ampla discussão acadêmica internacional.Veja mais fotos em nosso facebook!APA de Algodoal-Maiandeua recebe visita de pesquisadores do Caribe Nos dias 10 e 11 de maio, a Área de Proteção Ambiental (APA) de Algodoal-Maiandeua recebeu uma comitiva de 25 pesquisadores, ligados a Organização das Nações Unidas (ONU), Instituições do Caribe e da Amazônia, em visita ao Brasil, para a “Semana de Cooperação Científica Internacional Amazônia-Caribe”, realizada em Belém.No primeiro dia, a comitiva, que foi recepcionada pela Gerência da Região Administrativa do Nordeste Paraense (GRNE/Ideflor-bio), assistiu a uma palestra sobre a Unidade de Conservação, seus instrumentos, e os principais problemas e desafios à gestão. A apresentação foi realizada na Escola Municipal de Ensino Fundamental Professora Maria de Lourdes Ferreira, parceira da Gerência.A Palestra e o debate foram simultaneamente traduzidos para a língua inglesa e francesa, haja vista as origens dos ouvintes. Após a apresentação, houve o debate e esclarecimento de dúvidas dos presentes. No segundo dia de visita, houve um passeio de barco pela região, com observação da natureza.“Os aspectos positivos para a gestão foram a inclusão da APA em uma rede de pesquisadores que monitoram acidentes com animais aquáticos venenosos e o avanço no entendimento para uma pesquisa sobre a pesca tradicional de currais em nossa APA. Além disso, foi uma oportunidade para mostrarmos nosso trabalho de Gestão frente ao cenário sócio econômico vivido atualmente no país.”, contou Luiz Coltro, Gerente da GRNE.✎Texto: Denise Silva / Ascom Ideflor-bioFonte: http://ideflorbio.pa.gov.br/2017/05/16/apa-de-algodoal-maiandeua-recebe-visita-de-pesquisadores-do-caribe/Semana de Cooperação Científica Internacional Amazônia-Caribe Semana de Cooperação Científica Internacional Amazônia-CaribeI Workshop preparatório COFECUB-CAPES: Território e biodiversidadeI Workshop internacional Amazônia-Caribe de Projetos GEFII Oficina Temática sobre a Proteção Ambiental na AmazôniaII Seminário internacional de cooperação científica: estudos pluridisciplinares sobre a biodiversidade AmazônicaInternational Amazon-Caribbean Scientific MeetingI Workshop COFECUB-CAPES: Territories and biodiversityI Amazon & Caribbean international Workshop of GEF ProjectsII Workshop on Environmental Protection in the AmazonII International Seminar on Scientific Cooperation:  Multidisciplinary Studies on Amazonian BiodiversitySemaine de Coopération Scientifique Internationale Amazonie-CaraïbesI Workshop preparatoire COFECUB/CAPES : Territoires de la biodiversité: regards croisés Amazonie-CaraïbesII Workshop thématique sur les aspects territoriaux de la protection environnementale en AmazonieI Workshop international Amazonie- Caraïbes de projets GEFII Colloque international de coopération scientifique Amazonie-Caraïbes: biodiversité et developpement durable INSCRIÇÕES CLIQUE AQUIINSCRIPTIONS PRESS HEREINSCRIPTIONS ICI 20h de atividades complementaresCom tradução simultâneaPROGRAMAÇÃO ABERTA AO PÚBLICO:Dia 09/05/2017, terça-feiraLocal: Auditório Raimundo Ney Sardinha (Cesupa – Alcindo Cacela)II Oficina Temática sobre a Proteção Ambiental na Amazônia.08h00 às 12h00 – Tema 1 - Regularização Ambiental dos Imóveis Rurais na AmazôniaMinistrante: Profa. Dra. Luciana Fonseca (PPGD-UFPA/CESUPA)14h00 às 18h00 – Tema 2 - Regularização fundiária na AmazôniaMinistrante: Profa. Dra. Luly Fischer (PPGD-UFPA)***Dia 10/05/2017, quarta-feiraLocal: Auditório da OABII Seminário internacional de cooperação científica: estudos pluridisciplinares sobre a biodiversidade Amazônica.08h30 – Sessão de Abertura09h00 – Painel 1 – Desenvolvimento, cooperação internacional e meio ambienteDra.  Isabelle Vanderbeck (UNEP/GEF IW Portfolio Manager)Dr. Christopher Corbin (UNEP/Caribbean Regional Co-ordinating Unit)Dr. Justin Daniel (LC2S/CNRS)Debate: Dr. Sérgio Morais (UFPA/NUMA)10h30 – Sessão de pôsteres no Hall11h00 – Painel 2 – Repartição dos Benefícios da BiodiversidadeDr. Rodolpho Bastos (UFPA/NUMA)Dra. Eliane Moreira (UFPA/PPGD)Debate: Dr. José Heder Benatti (UFPA/PPGD)Intervalo de almoço15h00 – Painel 3 – Poderes públicos e desenvolvimento sustentávelDra. Isabelle Vestris (Univ. Antilles/LC2S)Dra. Karine Galy (Univ. Antilles/LC2S) Dr. Jean-Charles Rotouillié (Univ. Paris 1/SERDEAUT-GRIDAUH) Dra. Fanny Tarlet (Univ. Paris 1/SERDEAUT-GRIDAUH) Debate: Dra. Lise Tupiassu (UFPA/CESUPA/PPGD)17h00 – Sessão de pôsteres no Hall17h30 – Painel  4 - Temáticas urbano-ambientaisDr. Frédéric Rolin (Univ. Paris 1/ Directeur Scientifique du GRIDAUH)Dr. Norbert Foulquier (Univ. Paris 1/SERDEAUT-GRIDAUH)Dra. Rosangela Luft (UFRJ/IPPUR) Debate: Dra. Luly Fischer (UFPA/PPGD)*Programação sujeita a alteraçõesCurso de Regularização Fundiária Urbana de Terrenos de Marinha e Acrescidos na Amazônia Legal Hoje, dia 16/02/2017. De 14 às 18hrs.Local: Sala Ip-2, ao lado do Centro Acadêmico de Administração.Carga Horária: 5 Horas Complementares.Inscrições: CADEL.II Seminário de Tributação e Direitos Humanos na sede da OAB/PA No dia 25.11.2016 o Best Amazônia participou do II Seminário de Tributação e Direitos Humanos na sede da OAB/PA com o tema “ICMS Ecológico” apresentado pela Profª. Dra. Lise Vieira da Costa Tupiassu Merlin ( PGD/ICJ/UFPA). E sub-tema “O Papel dos Municípios na implementação de Políticas Públicas promovedoras de Direitos Humanos: o caso do ICMS Ecológico” apresentado pela Mestranda Luiza Gaspar Feio  (PPGD/ICJ/UFPA).VII Congresso Brasileiro de Gestão Ambiental Ocorreu nos dias 21 a 25 de Novembro o VII Congresso Brasileiro de Gestão Ambiental. Este ano o CONGEA aconteceu na Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) e contou com uma programação diversificada que incluiu palestras, mesas redondas, mini cursos e visitas técnicas. O Evento contou, ainda, com a participação de pesquisadores das mais diversas áreas, além de gestores e estudantes de várias instituições do País. Nesta sétima edição, o evento selecionou 433 trabalhos para serem apresentados e, entre estes, o dos alunos Lorran Will Lima e Patrick Pinheiro (O ICMS Ecológico como Instrumento de Gestão Ambiental: O caso do Estado do Pará), Mayara Rolim e Rozinaldo Lobato Júnior (O Cadastro Ambiental Rural: Um instrumento de Gestão Ambiental Utilizado como Critério do ICMS Verde no Estado do Pará), todos estudantes da Universidade Federal do Pará e participantes do BEST Amazônia, coordenado pela professora Lise Tupiassu. O responsável pelas apresentações foi nosso Best Lorran Lima, que merece nossos parabéns pelas apresentações.Clique aqui para conferir os artigos publicados!Parabéns aos integrantes do BEST!Encerramento do Grupo do Estudo e Trabalho do CESUPA. No  dia 30 de novembro, membros do BEST Amazônia participaram do seminário de encerramento do Grupo de Estudo e Trabalho de Federalismo e Ambiental do CESUPA, fortalecendo a parceria com esta instituição de ensino.   Minicurso Cidades Sustentáveis. O Minicurso Cidades Sustentáveis teve início no dia 21 de novembro, com palestra da Prof. Dra. Lise Tupiassu, na Escola da AGU, sobre ICMS Verde, com a presença de procuradores federais e a equipe de extensão do BEST Amazônia.   Já no segundo dia contamos com as palestras do Prof. Dr. Rodolpho Bastos e do Prof. Msc. Luiz Coltro compartilhando os instrumentos para gestão ambiental consciente.    No terceiro dia do Minicurso Cidades Sustentáveis tivemos a palestra da Profª. Drª. Luly Fischer expondo brilhantemente sobre Regularização Fundiária Urbana, tema de fundamental importância na realidade paraense. Quarto dia do Minicurso Cidades Sustentáveis contou com a participação especial do digníssimo Prof. Msc. Paraguassu Eleres sobre a situação dos terrenos de marinha na realidade paraense. Em seguida, o Prof. Dr. Rodolpho Bastos contribuiu, mais uma vez, com excelência, expondo sobre Licenciamento Ambiental.  E para finalizar com excelência o Minicurso Cidades Sustentáveis, realizado na sede da Escola de Advocacia da União, ocorreu a palestra da Profa. Drª. Luciana Fonseca acerca do Cadastro Ambiental Rural.   Agradecemos a todos os palestrantes que abrilhantaram o evento durante essa semana de aprendizado para todos. A troca de informações entre os palestrantes e o público foi uma rica experiência que esperamos repetir em breve. A equipe BEST Amazônia gostaria de agradecer, ainda, a atenção do público presente no evento e a todos os nossos apoiadores. O sucesso do evento não seria possível sem vocês! Esperamos revê-los em breve!Os slides utilizados no evento estão disponíveis AQUICiclo de palestras: "Os Sistemas de Controle e o combate à Dinâmica do Desmatamento na Amazônia" O grupo BEST Amazônia convida para mais um ciclo de palestras: "Os Sistemas de Controle e o combate à Dinâmica do Desmatamento na Amazônia".Semana Jurídica do Cesupa. A Equipe BEST Amazônia apresentou, no período de 09 a 11 de novembro, artigos sobre Tributação Ambiental na XVII Semana Jurídica do CESUPA. Parabéns aos integrantes da equipe pelos diversos artigos aprovados, contribuindo para a discussão do tema Democracia e Poder Judiciário.Minicurso “Cidades Sustentáveis – ICMS Verde e Gestão Ambiental” O minicurso “Cidades Sustentáveis – ICMS Verde e Gestão Ambiental” será realizado no período de 21 a 25 de novembro de 2016, conforme a seguinte programação:Segunda (21/11): Prof. Dr. Rodolpho Bastos – Licenciamento AmbientalTerça (22/11): Prof. Dr. Rodolpho Bastos e Msc. Luiz Coltro – Unidades de conservação: institucionalização e gestãoQuarta (23/11): Profa. Drª Lise Tupiassu – ICMS VerdeQuinta (24/11): Profa. Drª. Luly Fischer – Regularização fundiária urbanaSexta (25/11): Profa. Drª. Luciana Fonseca – Cadastro Ambiental RuralINSCRIÇÕES: https://www.sympla.com.br/minicurso-cidades-sustentaveis---icms-verde-e-gestao-ambiental__98261 O Grupo de Pesquisas Biodiversidade, Sociedade e Território na Amazônia - BEST Amazônia, homologado pela Universidade Federal do Para e cadastrado no Cnpq, é destinado à pesquisa multidisciplinar em ciências sociais aplicadas relativas ao tema do uso e gestão dos recursos naturais do contexto econômico e social amazônico. Dirigido pela Profa. Dra. Lise Tupiassu (Programa de Pós-Graduação em Direito) e pelo Prof. Dr. Rodolpho Bastos (Programa de Pós-Graduação em Gestão de Recursos Naturais e Desenvolvimento), insere-se na Rede Jambu-RNP (Junction Amazonian Biodiversity Units - Research Networking Program) e tem o objetivo de disseminar o conhecimento através de discussões e do estimulo à utilização de ferramentas não comuns na linguagem jurídica, permitindo interação não somente com a comunidade acadêmica, mas também com o corpo social.Através de eventos temáticos, contando com a participação de especialistas nas diversas áreas do conhecimento, de profissionais e de gestores ambientais, o grupo pretende criar um contexto inteligível na seara dos direitos Ambiental, Financeiro e Tributário, preparando o público para a solução de problemas da realidade que o circunda por meio de uma ótica multidisciplinar considerando uma crescente interligação de saberes.O minicurso de extensão ora proposto, inserido programação do I CONGRESSO INTERINSTITUCIONAL DE ENSINO E EXTENSÃO, pretende abordar alguns instrumentos de políticas públicas capazes de auxiliar no desenvolvimento de cidades e territórios sustentáveis, apresentando a política do ICMS Verde e os instrumentos de gestão ambiental que lhe são correlatos.Apresentar-se-á o ICMS Verde como política de repartição da receita do ICMS aos municípios paraenses com base em requisitos ambientais, explicitando-se os elementos por ela utilizados.Serão estudados, ainda, elementos relativos aos sistemas de gestão ambiental municipais, licenciamento ambiental, criação e gestão de unidades de conservação, regularização fundiária e Cadastro Ambiental Rural, buscando-se fornecer conhecimentos para que os lidam com a gestão ambiental municipal possam fomentar o recebimento de recursos de pelas municipalidades, implementando, ao mesmo tempo, a proteção do meio ambiente e o desenvolvimento local.Apresentar-se-á, ainda, a Cartilha “O ICMS verde e a cidade que ganha para conservar a natureza”, informando-se a comunidade acerca da possibilidade e dos benefícios de se fomentar o desenvolvimento e a receita locais com base em critérios de sustentabilidade.Através de eventos temáticos, contando com a participação de especialistas nas diversas áreas do conhecimento, de profissionais e de gestores ambientais, o grupo pretende criar um contexto inteligível na seara dos direitos Ambiental, Financeiro e Tributário, preparando o público para a solução de problemas da realidade que o circunda por meio de uma ótica multidisciplinar considerando uma crescente interligação de saberes.O minicurso de extensão ora proposto, inserido programação do I CONGRESSO INTERINSTITUCIONAL DE ENSINO E EXTENSÃO, pretende abordar alguns instrumentos de políticas públicas capazes de auxiliar no desenvolvimento de cidades e territórios sustentáveis, apresentando a política do ICMS Verde e os instrumentos de gestão ambiental que lhe são correlatos.Apresentar-se-á o ICMS Verde como política de repartição da receita do ICMS aos municípios paraenses com base em requisitos ambientais, explicitando-se os elementos por ela utilizados.Serão estudados, ainda, elementos relativos aos sistemas de gestão ambiental municipais, licenciamento ambiental, criação e gestão de unidades de conservação, regularização fundiária e Cadastro Ambiental Rural, buscando-se fornecer conhecimentos para que os lidam com a gestão ambiental municipal possam fomentar o recebimento de recursos de pelas municipalidades, implementando, ao mesmo tempo, a proteção do meio ambiente e o desenvolvimento local.Apresentar-se-á, ainda, a Cartilha “O ICMS verde e a cidade que ganha para conservar a natureza”, informando-se a comunidade acerca da possibilidade e dos benefícios de se fomentar o desenvolvimento e a receita locais com base em critérios de sustentabilidade.ATUALIZAÇÃO:codigo dessa postagem para Site & blogs em codigo html5As 10 ultimas Paginas adicionadas .L {position: absolute;left:0;} .C {position: absolute;} .R {position: absolute;right:0;} .uri{font-size:0;position: fixed;} As 10 ultimas Paginas adicionadas